aviao-trafico-de-drogas-julio-emilio-braz

SINOPSE:

Quinho, 13 anos, morava na favela e se envolveu com o tráfico de drogas. Largou a escola e começou na profissão de avião – a pessoa que leva as drogas do morro à cidade e vice-versa. Começou a ganhar dinheiro e usar revólver – se sentia poderoso e respeitado, até sua família ser sacrificada.